fbpx

Conheça os meios de pagamento mais usados pelos brasileiros

O PIX é o segundo meio de pagamento mais utilizado no Brasil, aponta CNDL/SPC Brasil; rapidez e praticidade são os principais motivos apontados

Os meios de pagamento são tão importantes quanto os produtos e serviços que serão oferecidos pelo negócio. Quanto mais possibilidades de pagamentos sua empresa disponibilizar, maior a quantidade de clientes que poderá atender. Esta variedade é importante, sobretudo, para as lojas virtuais, que não têm limite geográfico para a concorrência.

Agora, quais serão os métodos mais utilizados pelos brasileiros? Segundo pesquisa divulgada hoje (27) e realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com o Sebrae, os meios de pagamentos digitais ganharam força durante a pandemia da Covid-19. As modalidades de pagamento mais utilizadas pelos brasileiros são: dinheiro (71%), PIX (70%), cartão de débito (66%) e cartão de crédito (57%).

“Os números oficiais sobre o PIX, divulgados pelo Banco Central do Brasil, mostram uma adesão muito rápida a esse meio de pagamento. Segundo a autoridade monetária, o número de usuários que já fizeram ao menos uma transação por PIX está próximo de 80 milhões – vale lembrar que essa novidade ainda não completou nem um ano de operação”, destaca o presidente da CNDL, José César da Costa.

Confira a pesquisa Meios de Pagamento na íntegra.

De acordo com o levantamento, 83% dos usuários preferem o PIX por sua rapidez e praticidade. Ao serem questionados por qual motivo usam o PIX, 62% responderam que o valor é transferido na hora; a rapidez e praticidade foi mencionada por 57%; e a gratuidade de taxas e tarifas citada por 42%. O PIX é muito usado para a transferência de saldos para amigos e parentes (88%), seguida de pagamento de serviços (40%); de compras pela internet (26%) e de alimentos (18%); restaurantes (17%); e consultas médicas (12%).

Confira mais dados da pesquisa Meios de Pagamento, que podem ajudar você a escolher os melhores métodos para o seu negócio:

  • Lojas físicas: nas compras em lojas físicas, os cartões de débito (32%) e crédito (30%) e o dinheiro (25%) são os meios mais utilizados. Estas lojas recebem a maior parte do pagamento à vista (66%).
  • Lojas virtuais: Já o cartão de crédito é o preferido nos pagamentos de compra online (52%), sendo que 53% das vendas são à prazo.
  • Contas de consumo: o dinheiro é o meio mais utilizado para pagamentos de contas de consumo (32%).
  • Pandemia: 67% dos entrevistados relataram mudanças nas formas de pagamento em decorrência da pandemia, sendo que 45% passaram a fazer mais pagamentos de forma online (incluindo transferências e PIX), 23% passaram a utilizar mais o cartão de crédito, 21% passaram a utilizar o cartão de débito e 5% passaram a utilizar mais dinheiro. Para 33%, não houve mudança – neste caso, podendo haver consumidores que já adotavam práticas que foram recomendadas durante a pandemia.
  • Carteiras digitais e aproximação: considerando os consumidores que costumam utilizar cartões e carteiras digitais – cartão de crédito, cartão de débito, Paypal, Pag Seguro, Moip, Pic Pay, Mercado Pago, Samsung Pay, Apple Pay etc. –, mais da metade (59%) já fez pagamentos por aproximação. A rapidez e a praticidade foi o principal motivo, citado por 53% dos que usaram a tecnologia. A comodidade de não precisar digitar a senha também pesou, mencionada por 39%. O cartão físico foi o principal meio de pagamento por aproximação, citado por 91% dos consumidores que já usaram a tecnologia. Smartphone e smartwatch foram citados por, respectivamente, 18% e 4%.
  • QR Code: 18% dos internautas mencionaram o costume de usar o QR Code para pagamentos. Entre estes consumidores, a rapidez e a praticidade foram os motivos mais apontados para o uso, citadas por 63%; e 31% indicaram a alta aceitação nos estabelecimentos. Entre os que não costumam pagar através de QR Code, 25% acreditam que a maioria dos estabelecimentos ainda não aceita este tipo de pagamento e 20% têm dificuldades de saber como funciona.

Quais as vantagens de cada meio de pagamento
Como o levantamento mostra, os meios de pagamento vêm se multiplicando e os consumidores querem que as empresas acompanhem o ritmo das mudanças, facilitando as compras.

Não é possível afirmar que uma forma de pagamento é melhor que a outra. A empresa precisa avaliar as vantagens e desvantagens de cada uma, sempre considerando a realidade do negócio e o perfil do seu cliente.

Conheça as vantagens de alguns meios de pagamento disponíveis no mercado:

  • Dinheiro: a empresa tem liquidez, pois recebe o dinheiro no ato da venda; não paga taxa sobre cada transação, cobrada em outros meios de pagamento; e não exige cadastros complexos.
  • Cartão de crédito e débito: esta modalidade de pagamento é essencial para conquistar uma grande parcela do seu público-alvo. Segundo o estudo da CNDL e SPC Brasil, no dia a dia, 41% dos consumidores utilizam cartão de débito; e 36%, cartão de crédito. A modalidade é segura, uma vez que evita que a empresa tenha muito dinheiro em caixa.
  • Boleto bancário: de modo geral, a taxa cobrada pelo banco por boleto emitido é menor do que as que envolvem uma transação por cartão de crédito ou débito. A partir do pagamento do boleto (que é identificado via conciliação bancária), o dinheiro entra na sua conta em até três dias úteis.
  • Transferência bancária: a empresa passa o número da conta da sua empresa para o cliente, que transfere ou deposita o dinheiro e envia o comprovante da operação. É livre de taxas para quem recebe o pagamento, e o dinheiro entra em poucas horas ou, no máximo, no dia seguinte.
  • Aproximação: permite que o cliente pague pela compra aproximando um dispositivo da máquina de cartão. Pode usar um smartphone (pagamento por meio de carteira digital), o próprio cartão de débito/crédito ou um dispositivo vestível (Ex: pulseiras e relógios inteligentes), desde que seja compatível com a tecnologia NFC (Near Field Communication). Para compras abaixo de R$ 100,00, o cliente não precisa nem digitar a senha, tornando o processo muito mais ágil e prático.
  • Carteiras digitais: as e-wallets ou as carteiras digitais são aplicativos de celular ou tablet que guardam as informações do usuário usadas nas transações online. Os apps possuem bons recursos de privacidade e segurança, que vão de criptografia até autorização biométrica.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Mais para explorar

Deseja Saber Mais Sobre Nossas Soluções

Vamos Conversar