fbpx

Bolsas integrais para estudantes universitários trará impacto positivo para a economia da Serra

O programa Nossa Bolsa, da Fapes, concedeu bolsas totais para estudantes de faculdades particulares. As inscrições foram encerradas na última semana. Na maioria dos casos, os benefícios foram destinados para cursos das áreas de engenharia, gestão e de tecnologia. Especialistas em educação garantem que a concessão de bolsas terá um impacto significativamente positivo para a Serra porque vai suprir a demanda por profissionais qualificados, além de possibilitar mudança social para a população mais pobre do município. Para o comércio, a expectativa é de maior qualificação no setor.
 
Para as faculdades da Serra serão concedidas 215 bolsas integrais por meio do programa. Na Faculdade do Centro Leste (UCL), cujo campus principal se localiza na região de Manguinhos, foram disponibilizadas 159 bolsas integrais. Os cursos com mais cessão de bolsas são Engenharia da Automação, Sistemas de informação e Engenharia da produção.
 
De acordo com o diretor de planejamento e obras da UCL, Carlos Alberto de Oliveira, a concessão das bolsas se apresenta como uma bem sucedida medida de parceria público-privada para suprir a demanda por profissionais qualificados no município, além de garantir a empregabilidade para estudantes de renda mais baixa. “A cidade da Serra é um enorme polo empresarial e de serviços. Há não apenas empresas nacionais, mas também, corporações multinacionais. A formação das pessoas precisa ser coerente com esse tipo de competitividade”, destaca o gestor em educação.
 
Carlos Alberto frisa também que além da necessidade de suprir mão-obra para os empreendimentos já existentes, serão necessários profissionais bem formados para os novos empreendimentos previstos para o município, entre os quais, as obras para o contorno do Mestre Álvaro. “A cidade ainda é carente em profissionais na área de Engenharia, Arquitetura, mas também em gestão e em tecnologia. Só para ter uma ideia, em geral, os alunos que chegam a esses cursos já conseguem emprego no primeiro ano”, informa.
 
Impacto social
 
Os benefícios concedidos pelo programa são voltados para estudantes de escolas públicas. As bolsas são integrais para alunos com renda familiar bruta até um salário mínimo mensal. São parciais para alunos com renda até três salários mensais. A diretora-geral da UCL, Dra. Maria Ângela Loyola de Oliveira, prevê um impacto social positivo com o programa Nossa Bolsa. “É uma oportunidade pensada para o futuro de jovens carentes, muitas vezes, moradores de locais pobres de cursarem um curso superior de qualidade. Serra é um município que apresenta várias áreas de condições sócio-econômica prejudicada. O programa cria uma possibilidade de desenvolvimento social para a população desse município”, explica a Dra. Maria Ângela.
 
Impactos no comércio do Município
 
O setor de comércio também será impactado positivamente com a concessão de bolsas. De acordo com especialistas, a maior oferta de profissionais qualificados na área de logística e em tecnologia da informação prometem trazer inovação ao setor. “Para o comércio está óbvio que tecnologia da informação e gestão são áreas transversais para toda e qualquer atividade produtiva. Não é uma questão de que os profissionais saibam lidar com um computador, mas saibam resolver problemas práticos de negócios”, informa o diretor.

Compartilhe Esta Postagem

Mais para explorar

Deseja Saber Mais Sobre Nossas Soluções

Vamos Conversar