pessoa calculando e escrevendo

O primeiro passo para o crescimento de uma empresa é a preocupação com a gestão financeira. Afinal de contas, ela consiste na tomada de decisões que tem como principal objetivo promover o crescimento do seu negócio. Isso tudo é realizado por meio da administração do caixa, análise dos valores disponíveis, otimização do capital, etc. No entanto, fazer tudo isso sem ajuda, de forma manual, é muito complicado e trabalhoso. Sem contar que vai exigir um tempo livre muito grande, que nem sempre se tem disponível. Diante dessa realidade, abaixo você encontra algumas dicas de ferramentas para sua gestão financeira.

No entanto, fazer tudo isso sem ajuda, de forma manual, é muito
complicado e trabalhoso. Sem contar que vai exigir um tempo livre muito grande, que nem sempre se tem disponível.
Diante dessa realidade, abaixo você encontra algumas dicas de ferramentas para sua gestão financeira.

1 – Planilhas eletrônicas

Uma das ferramentas mais usadas para melhorar a gestão das finanças de
um negócio são as planilhas eletrônicas. Quando bem construídas por profissionais competentes, elas ajudam muito a compreender melhor sobre o fluxo de caixa.Isto porque, é importante saber de onde o dinheiro vem e para onde ele vai, já que só assim é possível adotar estratégias certas para alavancar a sua empresa.

2 – Gerenciador de notas fiscais eletrônicas

As obrigações fiscais também estão inclusas na gestão das finanças da sua empresa. Dentro dessa realidade, fazer a emissão de notas fiscais é um procedimento fundamental. Sendo assim, surgem os gerenciadores de notas fiscais que tornam o trabalho todo muito mais intuitivo. A boa notícia é que existem muitas opções disponíveis no mercado e a dica é buscar por aquela ferramenta que seja capaz de se integrar com outras de forma fácil. Desse modo, você não vai precisar fazer a contratação de programador para automatizar alguns processos.

3 – Sistema de gestão integrada (ERP)

Dentre as ferramentas para a sua gestão financeira uma das principais é o
sistema de gestão integrada, conhecido como EPR.
O motivo para isso é que ele ajuda nas finanças do seu negócio, sendo capaz de se integrar com diversas áreas, como:
 RH;
 CRM;
 Compras;
 Estoques;
 Logísticas.

Tudo isso porque esses sistemas são divididos em módulos e é você que escolhe com quais áreas do seu negócio ele vai se interligar. Além disso, existem ERPs especializados nos mais diferentes tipos de empresas, como academias, escolas e muito mais.

4 – Sistema de cobranças

Quem possui recebíveis em datas diferentes precisa contar com um sistema de cobrança eficiente. Afinal, não é fácil fazer o controle do recolhimento dos valores nas datas corretas manualmente. Assim sendo, recorrer a uma ferramenta de gestão financeira que faça esse tipo de trabalho é muito mais produtivo. Por conseguinte, os índices de inadimplência dentro da sua empresa vão diminuir de forma drástica.

5 – Sistemas de gestão empresarial

Por fim, o sistema de gestão empresarial precisa fazer parte do controle
financeiro da sua empresa.
Basicamente essa ferramenta faz todo o trabalho, desde o fluxo do caixa,
com as entradas e saídas, até a emissão de demonstrativos e relatórios.
O bom é que todas as informações ficam a sua disposição para análise,
logo se torna possível fazer ajustes e melhorias sempre que for necessário.

Conclusão

Preparado para utilizar essas dicas de ferramentas para sua gestão
financeira?
Não perca tempo, automatizar alguns processos no seu negócio é
fundamental para a produtividade.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>